Colágeno: um aliado no combate às dores articulares?


Você conhece colágeno hidrolisado?

O processo de envelhecimento provoca não apenas mudanças no nosso corpo, mas também o surgimento de doenças crônicas. Essas enfermidades podem ser causadas por fatores genéticos, estilo de vida ou pelo ambiente onde vivemos ou trabalhamos.

As doenças que surgem durante o envelhecimento se dividem em modificáveis e não-modificáveis. Enquanto as primeiras são fruto de hábitos como tabagismo, ingestão excessiva de álcool, sedentarismo e estresse, as segundas estão condicionadas à idade, hereditariedade e gênero.

Neste texto, trataremos de enfermidades que fazem parte do segunda categoria: as doenças ósseas e articulares. Entre as mais recorrentes desse grupo estão a osteoartrose e a osteoporose. Conheça um pouco mais sobre essas doenças e também sobre o suplemento mais utilizado atualmente nestes pacientes: o colágeno hidrolisado.

 

Características da osteoartrose e da osteoporose

Algumas das características dessas doenças são:

  • Osteoartrose: essa enfermidade gera desconforto nas regiões onde ocorre o desgaste da cartilagem e das articulações. Esse processo provoca limitação dos movimentos, dores e desconforto ao se movimentar;
  • Osteoporose: essa moléstia se trata da redução da massa óssea e, consequentemente, da deterioração da integridade anatômica e estrutural do osso. Dessa maneira, o indivíduo fica com os ossos mais frágeis e, consequentemente, suscetíveis a fraturas. As mulheres são as mais afetadas pela osteoporose devido à redução do estrogênio após a menopausa.

Geralmente, essas doenças são tratadas com procedimentos fisioterápicos, analgésicos e anti-inflamatórios. Contudo, alguns médicos passaram a recomendar o tratamento com o suplemento de colágeno hidrolisado, medicamento cuja efetividade é bastante discutida entre os profissionais da área médica, como veremos a seguir.

O que é o Suplemento de Colágeno Hidrolisado

O colágeno é a proteína responsável pela formação e manutenção dos órgãos, fortalecimento de tendões, cartilagens e unhas, além da união das células. Além de fornecer estabilidade e “liga” ao corpo, o colágeno, é o principal componente do tecido conjuntivo.

Quando ocorre uma deficiência de colágeno no nosso organismo, que pode ser provocado pelo envelhecimento, pode-se repor através da ingestão do suplemento de colágeno hidrolisado. Esse medicamento é uma mistura de peptídeos de colágeno que são considerados nutracêuticos, isto é, compostos bioativos que estão presentes em alimentos importantes para nossa saúde.

Efetividade do Suplemento de Colágeno

De acordo com estudos feitos a respeito da efetividade do suplemento de colágeno, a ingestão via oral de colágeno tipo 2, para o tratamento de osteoartrite e outras doenças articulares, faz com que a substância seja absorvida de forma mais rápida pelo intestino, depositando-se na cartilagem.

A partir desse fator, foi observado que houve uma elevação considerável dos componentes da matriz extracelular. Desse modo, podemos supor que o suplemento de colágeno possui mecanismos que podem ajudar pessoas que são portadoras de distúrbios articulares, como a artrose.

 

Estudos do uso do Colágeno Hidrolisado em humanos

Segundo estudos relacionados ao uso do colágeno hidrolisado em seres humanos, os indivíduos portadores de doenças articulares apresentaram melhoras mais significativas do que se tivessem feito o tratamento com a combinação de condroitina e glicosamina. Vejamos os aspectos que foram analisados durantes os testes:

 

Efeito analgésico

Estudos mostraram que o suplemento de colágeno hidrolisado é absorvido e distribuído para os tecidos articulares, além de possuir propriedades anti-inflamatórias e analgésicas.

Os testes feitos com o medicamento também indicaram que os peptídeos bioativos do colágeno tipo 2, atuam como agentes terapêuticos e suplementos nutricionais para o tratamento da osteoartrose e manutenção da saúde articular.

Colágeno para articulação do joelho

Outro teste apontou que o uso do colágeno hidrolisado tipo 2 ajuda a aliviar o desconforto no joelho, principalmente em pessoas que são praticantes de atividades físicas. Esse resultados foram obtidos após 12 semanas de ingestão diárias de 5g do suplemento.

Colágeno para dor articular

Uma pesquisa foi realizada com o intuito de avaliar a segurança e a eficácia do colágeno hidrolisado. Para isso, foi feito um tratamento de 6 meses em pessoas portadoras de dores articulares nos membros superiores, membros inferiores e coluna lombar. O resultado desse estudo foi uma melhora de 20% da resposta clínica dos pacientes.

Outra pesquisa mostrou que pacientes  com dores e desgaste articular no joelho, que ingeriram colágeno, tiveram melhora nos sintomas.

Contradições no uso do colágeno hidrolisado

Embora existam vários profissionais que acreditam nos benefícios do suplementos de colágeno hidrolisado para o tratamento de doenças articulares, há outros que questionam os resultados dos estudos.

O reumatologista Francisco Airton Rocha, membro da Sociedade Brasileira de Reumatologia, declarou que não existe comprovação científica que o colágeno hidrolisado tipo 2 fortalece as articulações e mantém as reservas da proteína no corpo.

De acordo com o médico, não existem dados científicos que comprovam que as articulações sofrem perda de colágeno. Ele afirma que isso acontece em casos raros, quando a pessoa tem algum problema congênito.

Rocha ainda afirma que é possível que a quantidade de colágeno produzida pelo organismo caia com o passar do tempo, mas não a ponto de causar um problema articular. Ademais, o médico fala que os indivíduos com osteoartrite são vítimas de uma neoformação óssea, com osso de baixa qualidade, mas sem perda de colágeno.

Para o médico, basta que as pessoas ingiram alimentos de origem animal que sejam ricos em aminoácidos produtores de colágeno. Ele ainda diz que os vegetarianos, se combinarem os alimentos certos, também podem estimular a produção de colágeno por meio da alimentação.

Exercício com estímulo da produção de colágeno

Recomenda-se que as pessoas que tenham problemas articulares  e queiram estimular a produção de colágeno, pratiquem exercícios físicos regulares. Inclusive, esta recomendação, juntamente com a perda de peso, são as mais indicadas e as com maior evidência científica para quem sofre com osteoartrose. Diversos estudos demonstram uma melhora substancial na mobilidade e na dor de pacientes que se submetem à fisioterapia. 

Inicialmente os exercícios devem ser orientados por este profissional e quando o paciente não apresentar mais sintomas, deve dar continuidade ao reforço muscular com um exercício de sua preferência, adaptado à sua condição física.

Diante do que expomos neste texto, podemos dizer que o suplemento de colágeno hidrolisado pode ser um aliado de quem possui problemas articulares. Contudo, como ainda não existem evidências robustas de que ele alivie as dores articulares, é recomendável que o seu uso seja combinado com a prática regular de exercícios físicos e com uma alimentação saudável.

Gostou dos texto? Tem alguma dúvida sobre o suplemento de colágeno hidrolisado? Entre em contato conosco e responderemos prontamente a sua dúvida!

Compartilhar:

Os comentários estão encerrados.